• A partir do Passeio das Virtudes, a rua de Francisco da Rocha Soares desce paralela a um dos troços ainda visíveis da antiga Muralha Fernandina, chegando ao local onde anteriormente se encontrava a "Porta da Esperança", na confluência com a rua de Tomás Gonzaga, Largo de S. João Novo e Escadas do Caminho Novo. No miolo do centro histórico do Porto, a ela corresponde um quadro habitual de condicionantes: uma situação urbana consolidada mas degradada, em termos físicos e sociais, e acessos muito condicionados pelas características da rua, mas também uma situação paisagística particularmente interessante pela visão sobre a Alfândega e o rio.

    Este pequeno prédio urbano é composto por quatro apartamentos T1, idênticos, um por piso. A particularidade desta intervenção reside no tratamento da caixa de escada, a céu aberto, que estabelece um filtro entre a rua e as habitações. O alçado da rua é assim formado pela frente antiga em granito, e, na parte superior, por um ripado de madeira. Ao subir as escadas, a muralha fernandina revela-se.

  • Cliente: Particular
    Localização: Rua Francisco da Rocha Soares, Porto
    Período: 2006 — 2012
    Área Total: 280m2
    Ficha Técnica: